Aline

21 anos

Salvador - BA

********************************

°°Sites que costumo freqüentar°°

********************************

Forgotten Realms Brasil

SkyHell

°°Flogs, blogs e fotoblogs de amigos°°

********************************

Blog de Itchi

Blog Destino Final

Flog do Carlos

Fotoblog da Lan de Carlos

Flog de Pedro


°°Sites de amigos e/ou fã clubes°°

********************************


Furiae - Arte Gótica

Ocean Factory Site

Ocean Factory Fotolog

Novo Metal- Música do brutal ao melódico

Vampirus Brasil

Withins Brazilian FanClub

Metal Storm

Metal Zone

Novo Metal




********************************

DIRETÓRIO DO ESQUECIMENTO

Aline Machado

Para postar comentários neste Blog:

Assim que você clicar no link "Post Comment", vai abrir uma página intitulada "Sign", pedindo para você assinar o serviço do Blogger.

Mas não precisa assinar para postar, mas se quiser... fique à vontade!

Basta clicar no link "Anonymous" e digitar seu comentário.

08/29/2004 - 09/05/2004 09/05/2004 - 09/12/2004 09/12/2004 - 09/19/2004 09/19/2004 - 09/26/2004 09/26/2004 - 10/03/2004 10/03/2004 - 10/10/2004 10/10/2004 - 10/17/2004 10/17/2004 - 10/24/2004 10/24/2004 - 10/31/2004 10/31/2004 - 11/07/2004 11/07/2004 - 11/14/2004 11/21/2004 - 11/28/2004 11/28/2004 - 12/05/2004 01/16/2005 - 01/23/2005 01/23/2005 - 01/30/2005 04/10/2005 - 04/17/2005 04/17/2005 - 04/24/2005 04/24/2005 - 05/01/2005 05/01/2005 - 05/08/2005 05/08/2005 - 05/15/2005 05/22/2005 - 05/29/2005 06/12/2005 - 06/19/2005 06/26/2005 - 07/03/2005 07/03/2005 - 07/10/2005 07/31/2005 - 08/07/2005 08/07/2005 - 08/14/2005 08/14/2005 - 08/21/2005 08/28/2005 - 09/04/2005 09/11/2005 - 09/18/2005 10/09/2005 - 10/16/2005

[sábado, setembro 11, 2004]

Mood:

Hoje foi dia estranho, acordei cedo, ajudei minha mãe e saí. Procurei desenhar um pouco, mas o material acabou, fiquei perambulando pela Pituba até achar a maldita borracha (rsrsrs). Voltei para casa e não tinha niguém... encontrei meu irmãozão conectado. Só sei que estou com vontade de entupir o blog de imagens.

Vou começar!!!

Estou meio assim

Mas tenho a leve impressão que isso vai mudar, quer dizer... não sei para para melhor, mas vai mudar

Não guardo ira na alma, mas esqueço disso quando estou como agora

Não é problema, mas também não é solução
Não é amorNão é paixão

É a simplicidade com que as coisas se complicam

Por isso peço: que venham as luzes

Todas elas

Deixemos de demoras

Não percamos as memórias

Somente com uma gota de lágrima

Eu, você, e vocês

Não seriamos mais nada


Acabei.

Obs: não aceito nenhum tipo de comentário sobre este post de hoje e não vou me desculpar pelas imagens grandes






por Aline Machado * 9:08 PM

____________________

(0) Comentários

[sexta-feira, setembro 10, 2004]

Mood:

Gente eu estou muito cansada, mas não é por isso que eu vá deixar de colocar o que fiz hoje bem resumidinho. fui a faculdade e devolvi o dicionário de Lenise depois fiquei de papo com Vlad e voltei para casa. Fui até a casa de Pedro, mas ele já tiha saído, de lá fui tomar soverte de menta na Sorveteria Amaralina, depois fui na casa de Thiago.



Hoje vou deixar uma frase legalzinha: Diciplina é liberdade

Querem música? Bem acho que esta é perfeita para o momento em que estou passando, é do Van Halen, Can't stop lovin you

There's a time and place for everything,
for everyone
We can push with all our might,
but nothing's gonna come
oh no, nothing's gonna change
and if I asked you not to try
oh could you let it be
I wanna hold you and say
we can't throw this all away
tell me you won't go, you won't go
do you have to hear me say
I can't stop lovin' you
and no matter what you say or do
you know my heart is true, oh
I can't stop lovin' you
You can change your friends,
Your place in life
you can change your mind
we can change the things we say
and do it anytime
oh no, but I think you'll find
that when you look inside your heart
oh baby, I'll be there
hold on I'm holding on
baby, just come on, come on, come on
I just wanna hear you say
I can't stop lovin' you
and no matter what you say or do
you know my heart is true, oh
I can't stop lovin' you
oh, I'm twisted and tied
and all I can remember
is how hard we tried
only to surrender
and when it's over
I know how it's gonna be
and true love will never die
no, not fade away
I can't stop lovin' you
and no matter what you say or do
you know my heart is true, oh
I can't stop lovin' you
Poxa...... estou teclando com meu Irmão e deu uma vontade imensa de deixar tudo macabro por aqui!!! Que uivem os lobos.....


por Aline Machado * 11:29 PM

____________________

(0) Comentários

[quinta-feira, setembro 09, 2004]

Mood:
Eu não comentei no início do blog que não é todo dia que vou conseguir atualizá-lo, mas acho que hoje tenho bastante pano para manga. Vamos começar... ante ontem eu marquei com a Barreira que se resume em nada mais que Dendê, Jhós, Paty, Edgar, Thiago e eu para renovarmos os livros na Biblioteca Central da Ufba uma vez que a greve dos funcionários acabou. Bem, eu cheguei no local marcado às 7:45 da manhã, depois Dendê chegou umas 8:30, depois Jhós chegou uma 9:00, depois Thiago umas 9:30 e por último Paty às 10:30. O horário marcado era 8:00 da manhã, mas tudo bem, eu já dei meus moles em relação a horário não posso nem devo reclamar. Só sei que tivemos problemas por que o sistema da biblioteca não está prestando, aqueles programas de computadores é uma droga, todo dia um analista tem que visitar. Depois que renovei meus livros decidi voltar para casa com aquela pilha de livros, no mínimo eram sete quilos só de livro nas costas. Fui procurar Karla no laboratório de microbiologia e tava tudo trancado, mas felizmente fui ao CPD e encontrei Vlad e ela mesma. Convidei os dois para irmos assistir à Vila, eles toparam e tudo certo. Cheguei ao Shopping as 14:00 e esperei pelo pessoal, primeira minha amarelinha Cary chegou, depois Karla, depois Bia, depois Jhós, Paty e Thiago, depois Vlad, por fim Edgar. A gente se dividiu em facções para dar tempo de fazer tudo do tipo uns ficarem na fila para pegar lugares decentes, Jhós, Thiago e eu descemos para comprar porcarias nas Americanas, Paty foi tirar dinheiro no banco, Cary ficou tomando conta das mochilas cheias de livros, Karla e Bia foram comprar algo também, só sei que acabamos comprando uma barra de chocolate, dois pacotes de salgadinhos da Elma Chips, uma fanta de laranja de dois litros, e uns docinhos de goma de banana. Gente eu preciso dizer..... aquele filme foi um porre, PORRE, é pouco. Vlad sentou ao lado de Edgar em minha frente, Thiago sentou ao meu lado e atrás da gente ficaram Bia, Karla, Cary, Paty e Jhós.... só que Jhós teve que mudar de lugar no meio do filme por que tinha um cara chutando a cadeira atrás dela, daí Paty decidiu acompanhá-la para a pequenininha não ficar sozinha. Ficou meio difícil passar as comidas lá para frente, mas Thiago deu um jeito. Saímos todos com a mesma vontade do cinema.... quebrar o local em pedacinhos, por que aquele filme não era para gente certa das idéias. Perdi tempo com ele, e dinheiro também. Deixamos Karla e Bia no 3º piso do Iguatemi e o resto todo da galera foi pegar ônibus no mesmo ponto. Depois que todos se foram, restamos Edgar e eu, foi aí que resolvemos pegar o transporte na porta do Shopping mesmo, voltamos e foi melhor por que ele me contou de detalhes do que se passou na viagem para Morro do Chapéu na Chapada Diamantina. Será que ágüem pode imaginar Thiago escorregando sem querer até uma porta de vidro parar ele, acho que isso aconteceu num restaurante de lá.... mas ele já está acostumado a passar vexame. Quer ver coisa pior? Eles foram passear num local só que Thiago e Burger resolveram tirar fotos montados num cavalo, o animal disparou com Thiago montado e levou tempo para o bicho se aquietar, só sei que ele finalmente tirou a foto, mas quando foi na hora de Burger tirar a professora já estava chamando o pessoal para entrar no ônibus e seguir caminho. Como os dois meninos demoraram ela mandou o motorista arrastar o carro. Tudo que sei é que eles foram abandonados no meio da estrada, andaram feito condenados, se perderam, depois tomaram carona de desconhecidos e finalmente chegaram ao local onde ficaram até a professora chegar. Os pobrezinhos ficaram andando naquele sol escaldante, e se guardavam alguma admiração pela professora, perderam ali naquele instante. Meu ônibus chegou e eu vim para casa.
Ah, ontem também foi aniversário de Giovanni, um dos melhores amigos de Thiago e um ex-colega de classe meu e de Cary........ parabéns para ele de qualquer forma.

Ontem falei com meu irmãozão pelo telefone, eu disse que não iria conectar por que tinha umas coisinhas para fazer aqui e além disso eu ia tentar dormir. Quer ver que bonito? Assim que desliguei o telefone, me deitei e não sei o que houve, mas só ouvi os pássaros cantarem e o pessoal daqui se arrumar para sair, pois é, dormi de ontem até hoje sem intervalos para ir ao banheiro ou comer porcaria.

Hoje eu tinha marcado com Karla em Biologia para devolver o dicionário de Lenise, mas nem ela nem eu pudemos ir pela manhã, depois ela ligou para mim dizendo que não poderia sair de casa por eu tinha machucado o pé. Eu fiquei com a missão de devolver o livro da professora, mas me atrasei por causa de minha irmã e resolvi fazer tudo amanhã.

Hoje eu vou deixar uma letra de música muito linda ela é de Daniel Bendingfield, é para quem está apaixonado (eu não estou).

"If You're Not The One"


If you’re not the one then why does my soul feel glad today?
If you’re not the one then why does my hand fit yours this way?
If you are not mine then why does your heart return my call
If you are not mine would I have the strength to stand at all


I never know what the future brings
But I know you are here with me now
We’ll make it through
And I hope you are the one I share my life with


I don’t want to run away but I can’t take it, I don’t understand
If I’m not made for you then why does my heart tell me that I am?
Is there any way that I can stay in your arms?


If I don’t need you then why am I crying on my bed?
If I don’t need you then why does your name resound in my head?
If you’re not for me then why does this distance maim my life?
If you’re not for me then why do I dream of you as my wife?


I don’t know why you’re so far away
But I know that this much is true
We’ll make it through
And I hope you are the one I share my life with
And I wish that you could be the one I die with
And I pray in you’re the one I build my home with
I hope I love you all my life


I don’t want to run away but I can’t take it, I don’t understand
If I’m not made for you then why does my heart tell me that I am
Is there any way that I can stay in your arms?


‘Cause I miss you, body and soul so strong that it takes my breath away
And I breathe you into my heart and pray for the strength to stand today
‘Cause I love you, whether it’s wrong or right
And though I can’t be with you tonight
And know my heart is by your side


Bem pessoal eu resolvi não colocar nenhuma criação minha hoje, deixemos isso para o dia de amanhã, talvez.


por Aline Machado * 11:36 PM

____________________

(1) Comentários

[terça-feira, setembro 07, 2004]

Mood:

Nossa, estou começando a ficar tontinha, tomara que seja passageiro, eu não quero ficar dodói!!! Estou teclando com meu irmãozinho para variar... eu já falei que ele é lindo? Já, mas eu repito ele é lindo tanto por dentro quando por fora. Deixa eu contar o que andei fazendo ontem. Pela manhã levantei umas 10:00 e scanniei uns trabalhos interessantes, depois roubei umas empadinhas que minha mãe tinha comprado. Fui a faculdade, mas como sou meio tonta, esqueci que era véspera de 7 de setembro quando entrei, vi aquele vazio, parecia que tinha sido largada as traças. Me senti Alice no país das maravilhas, mas quando cheguei no Instituto de Biologia encontrei Jhós me esperando no CPD. A criança estava teclando com uma amiga dela de Minas Gerais também..... mas a gente teve que sair por que estavam fechando o local. Bem, de lá nós fomos até a biblioteca ver se Luís estava para darmos um olá. Não o encontramos, então decidimos nos sentar num banco e colocar conversa em dia. Depois de uns minutos Luís apareceu e bateu um papo conosco. Enquanto estávamos no local reparamos que aquela área tinha sido tomada por educadores ligados ao Movimento dos Sem Terra. De lá resolvemos caminhar um pouco, fomos pela Garibaldi, passamos pelo Dique do Tororó e subimos pela Lapa, e é claro que neste meio caminho paramos em ljas que vendem livros usados..... foram três no total. Estavamos procurando por uns mangás de Samurai X e um dicionário de Botânica igual ao da nossa professora. Não tivemos sucessos em nossas buscas, mas seguimos para o Shopping Piedade onde fomos na C&A, descemos procurando por comida. Decidimos ir para a Fundação Politécnica onde parei para comer um salgado natureba (tava tão bom). Depois esperei Jhós pegar ônibus, pois não estava passando bem e segui para pega o meu. Cheguei em casa, comi porcaria e me deitei, mas levantei e fiquei explicando a minha mãe que morango não é fruta e sim um ovário desenvolvido.
...............................................................................
Eu não sei se devo deixar um texto meu por aqui hoje. Estou tão sem graça, e além disso estou ocupadinha........ vejamos algo mínimo para isso!!!
Bem, aqui vai uma que fiz ano passado, é curtinha, mas supostamete deveria passar muito para quem a visse.
Uma questão de valores
As folhas estragadas
servirão de rascunho
Com o oceano
acontecerá o mesmo.
Certo, acho que por hoje é só pessoal!!!
Ai ai que fomezinha....... vou comer coisinhas gostosas antes que adoeça de vez!!!




por Aline Machado * 1:47 AM

____________________

(2) Comentários

[domingo, setembro 05, 2004]

Mood:

Bem, estou colacando mais um texto meu, faz uns dois anos que o criei... estava meio inspirada naquela época. Eu vou adorar críticas a ele.

Solidão

Quem não se assustaria
se acordasse de um
pesadelo terrível
e desse de cara com ele?
Aquela visão horrenda
em sonhos
embutidos em sonhos
os espelhos...
e aqueles olhos
olhando dentro
daqueles olhos
fixados
naqueles olhos
fixados
naqueles olhos
penetrando
naqueles olhos
perdidos
naquele tremendo
vazio

..................................................................................

Hoje é o dia em que uns amigos da faculdade irão voltar de uma viagem a Lençóis. Isso tudo por causa de uma aula de Botânica III de campo. No dia que eu fui para essa mesma aula, foi uma maravilha, aprendi a prensar as plantas coletadas, tomei uma sopa deliciosa de frago com aipim, me lembro de ter comido aipim frito também...... uma delícia. Mas fiquei frustrada por que o chocolate quente que tanto quis tomar não encontrei..... era um com baunilha por cima, ai ai. Eu quase morri afogada no último dia lá no Ribeirão do Meio, teve gente que achou que eu estava brincando e me deixou lá morresno (obrigada!!!). Felizmente um dos estagiários da professora Lenise me levou para a margem, rsrsrs, eu engoli tanta água que pensei, ou melhor... já nem conseguia pensar mais nada. Eu parecia uma bomba de água tossindo, mas assim que recuperei o fôlego fui brincar de escorrega. Puxa vida, eu falei dessa viagem e lembrei que tenho que terrminar de traduzir o texto para o seminário que deverá ser apresentado depois que as greves terminarem. Eu fiquei de falar sobre umas orquídeas e entre outros. Muito legal.
Ontem passei a tarde teclando com Itchi, e quando a conversa estava chegando a um clímax..... ou melhor, quando a gente estava criando nosso prefácio (de um projeto), eu caí e quando voltei ele não estava mais. Tudo bem, hoje é dia e ele não me escapa (isso se o danado conectar... óbvio)!!!

.................................................................. ...............
Posso deixar uma letra de uma música que gosto muito? Epa, o blog é meu.... eu posso sim!!! É do Inkubus Sukkubus do CD Wytches:
THE LEVELLER

He comes as a darkened knight
Upon the ragsing storm
And as an angel of love
He reaps the harvest corn
He comes as a leveller
To make one and all the same
His song on the western wind
To deliver us from pain
Take his hand
For only he'll lead you on to the promised land
He is the only true friend of the poor!
Can you not see
That only he can ever set you free
He is the only true friend of the poor
And all the kings and the queens and the generals
Dread the gaze of his eyes
But to the sick and the cold and the starving
He's a blessing in disguise
For his sweet kiss, brings release
And they shall suffer no more
So they don't fear, when he comes
A knock, knock, knocking on the door.
Gosto muito de música pagã, apesar de não eu não ser uma, eu acho


por Aline Machado * 1:14 PM

____________________

(0) Comentários