Aline

21 anos

Salvador - BA

********************************

°°Sites que costumo freqüentar°°

********************************

Forgotten Realms Brasil

SkyHell

°°Flogs, blogs e fotoblogs de amigos°°

********************************

Blog de Itchi

Blog Destino Final

Flog do Carlos

Fotoblog da Lan de Carlos

Flog de Pedro


°°Sites de amigos e/ou fã clubes°°

********************************


Furiae - Arte Gótica

Ocean Factory Site

Ocean Factory Fotolog

Novo Metal- Música do brutal ao melódico

Vampirus Brasil

Withins Brazilian FanClub

Metal Storm

Metal Zone

Novo Metal




********************************

DIRETÓRIO DO ESQUECIMENTO

Aline Machado

Para postar comentários neste Blog:

Assim que você clicar no link "Post Comment", vai abrir uma página intitulada "Sign", pedindo para você assinar o serviço do Blogger.

Mas não precisa assinar para postar, mas se quiser... fique à vontade!

Basta clicar no link "Anonymous" e digitar seu comentário.

08/29/2004 - 09/05/2004 09/05/2004 - 09/12/2004 09/12/2004 - 09/19/2004 09/19/2004 - 09/26/2004 09/26/2004 - 10/03/2004 10/03/2004 - 10/10/2004 10/10/2004 - 10/17/2004 10/17/2004 - 10/24/2004 10/24/2004 - 10/31/2004 10/31/2004 - 11/07/2004 11/07/2004 - 11/14/2004 11/21/2004 - 11/28/2004 11/28/2004 - 12/05/2004 01/16/2005 - 01/23/2005 01/23/2005 - 01/30/2005 04/10/2005 - 04/17/2005 04/17/2005 - 04/24/2005 04/24/2005 - 05/01/2005 05/01/2005 - 05/08/2005 05/08/2005 - 05/15/2005 05/22/2005 - 05/29/2005 06/12/2005 - 06/19/2005 06/26/2005 - 07/03/2005 07/03/2005 - 07/10/2005 07/31/2005 - 08/07/2005 08/07/2005 - 08/14/2005 08/14/2005 - 08/21/2005 08/28/2005 - 09/04/2005 09/11/2005 - 09/18/2005 10/09/2005 - 10/16/2005

[sexta-feira, outubro 01, 2004]

Mood:
Hoje fiquei em cas ao dia todo toda mole, acho que tou meio doente, mas tudo bem (ai que enjôo)!!! Olha, eu vou fazer uma enquete...
Quero saber de vocês se pudessem fazer um pedido tido como IMPOSS�VEL de ser realizado qual seria? Pessoal, pensem bem antes de respoder.... por favor não deixem de comentar.
Ah! Itchi me convidou pra postar no blog dele, na realidade eu já deveria ter colocado o endereço do dele aqui.... que menina mal educada viu!? Me desculpe maninho!!!
Bem já falei que tou meio ruim, ah tem recados.... Thiago, amanhã vou estar naquele lugar ao meio dia te esperando, se você não for não tem problema, eu fico lá sozinha mesmo viu ;)
Vou colocar essas Sakuras em homenagem a Jhós, Vou aproveitar e deixar a musiquinha de abertura do anime!!!
Eu só quero e espero
ter pra sempre
você junto a mim.
Não me apego, tenho medo
de dizer que te amo,
que te quero assim.
Porque? Porque!
Quero viver contigo a vida inteira.
Te darei meu amor,
com você eu quero voar.
Nos seus braços quero viver para sempre,
só te dando meu carinho.
Para nós podia até aparar o tempo.
Tudo eu farei, não te deixarei.
Te amo, te amo, te amo, te amo, amor!
Quero teu calor.


por Aline Machado * 11:54 PM

____________________

(10) Comentários

[quinta-feira, setembro 30, 2004]

Mood:

Gente eu estou me sentindo toda errada, não estou afim de escrever. Ontem fui em Bio pra ajudar Karla num texto dela, me encontrei com Jhós e Thiago e depois eu acompanhei ÔÔÔ Line até o Campo Grande. Cheguei em casa e umas dez horas deitei pra ouvir música... tudo de que me lembro é de acordar toda agoniada de manhã cedo. Fiquei em casa desenhando e brincando no Photoshop, até que minhas bichin's ficaram bonitinhas.

Bem acho que é só isso mesmo por enquanto!!!!

Hoobastank
Up And Gone

Staring at the white above
can't tell if I'm alive or am I dead?
or is it in my head?(where'd I go wrong?)
Staring at the white above

one day I closed my eye
sand here I ama cold unhappy man
I've come to realize the life I have
I hate, the pulse I need is slowly fading
until I've lost it all
I've been waiting for an inspiration
for a chance I never got to take
before it's much too late(where'd I go wrong?)
Where's the boy that used to run?

could it be he's up and gone away?(seems so far away)
he seems so far away
and all the things I could have done
could it be they've up and gone away?(seems so far away)
they seem so far away
It feels as if the boy in mehas left and been replaced with a cheap

and bitter
imposter of myself
I must find the one that used to be
approach him slow, don't be afraid to say"
can he come out and play?"(where'd I go wrong?)
Where's the boy that used to run?

could it be he's up and gone away?(seems so far away)
he seems so far away
and all the things I could have done
could it be they've up and gone away?(seems so far away)
they seem so far away
Staring at the sky above

I've found a chance I'm finally going to take
I've learned from my mistakes(where'd I go wrong?)
Where's the boy that used to run?

could it be he's up and gone away?(seems so far away)
he seems so far away(where'd I go wrong?)
and all the things I could have done
could it be they've up and gone away?(seems so far away)
they seem so far away(where'd I go wrong?)

Ah, me disseram por esses dias que me pareço com essa criatura aí..... não é a primeira vez que me chamam de uma Saber Marionette.



Raiai vú!!!


por Aline Machado * 11:37 PM

____________________

(0) Comentários

[terça-feira, setembro 28, 2004]

Mood:

Minhas costas estão doendo... é que eu fui levar uns livros pesados pra faculdade hoje, por isso, massagistas de plantão, aqui estou!!! Olha sobre os textos que eu havia prometido, estou adicionando um hoje que vai ficar no post de ontem, antes vou explicar algo... Não estou fazendo média com aquela linha de picolé da Kibon Sorvane, mas se meu texto e essas guloseimas tem algo em comum é o tema: Os sete pecados capitais, começarei com um dos que mais me afetam e me entristesse... A inveja (está no post de ontem).
Não quero que pensem que estou fazendo alusão a qualquer tipo de religião, só quero que uns pecados anunciados façam parte do meu blog.


Hoje irei falar sobre a Ira, que merece seu espaço aqui!!!

A consciência comum cristã costuma, sempre que se fala de ira, ter em mente apenas o aspecto da intemperança, o elemento desordenador e negativo. Mas tanto como 'os sentidos', e a 'concupiscência', a ira pertence às máximas potencialidades da natureza humana. Essa força, isto é, irar-se, é a expressão mais clara da energia da natureza humana. Conseguir uma coisa difícil de alcançar, superar uma contrariedade: eis a função desse apetite sempre pronto a entrar em campo quando um bonum arduum, 'um bem difícil' deva ser conquistado. Daí que Tomás afirme: 'A ira foi dada aos seres dotados de vida animal para que removam os obstáculos que inibem o apetite concupiscível de tender aos seus objetivos, seja por causa da dificuldade de alcançar um bem, seja pela dificuldade de superar um mal'. A ira é a força que permite atacar um mal adverso; a força da ira é a autêntica força de defesa e de resistência da alma.
O QUE É IRA. Uma intensa sensação de desprazer, seguida de mágoa e ressentimento.
A linha que divide a “Ira� como indignação contra a injustiça, a maldade e a violência, da “Ira� como ferramenta de ataque e defesa como expressão de nossa indignação contra pessoas é muito tênue. É muito fácil justificar o mal uso da ira com os motivos de uma indignação justa. Nisso, muitos pecam!Nem sempre nos sentimos mal ao agirmos de forma iracunda, principalmente se nos classificaram como pessoas coléricas. Para alguns, essa classificação é motivo de glória, mas na verdade o que chamam de temperamento não passa de um terrível defeito de caráter.Explosões emocionais, gritaria e violência nunca são sinônimos de “indignação�. É sim, um descontrole emocional provocado por uma série de maus hábitos, abuso de autoridade e complexos de inferioridade
.


por Aline Machado * 11:22 PM

____________________

(1) Comentários

[segunda-feira, setembro 27, 2004]

Mood:

Puxa vida!!! Minha irresponsabilidade está em alta, eu sei que já está meio estranho um blog logo em seu início de vida ser deixado às moscas, mas é que eu fiquei fora de casa durante uns dias.

Eu nem me lembro do que andei fazendo no sábado, só sei que desenhei e coloquei umas encomendas em andamento, quando cheguei em a casa a minha irmã estava usando o PC, ela ficou conectada até a meia noite, por isso fiquei sem falar com meu Chandelle de chocolate preto com calda de morango no fundo (Itchi), acabei dando um bolo no meu irmãozão. Passei o resto da noite vendo TV, cada filme chato, mas eu confesso que quando assisti ao Neve pra cachorro, ri muito.

No domingo pela manhã saí para comprar alguns mantimentos pra mim e marquei com Jhós que eu passaria no Iguatemi pra pegá-la e de lá irmos para a casa de Cary. Às 16:00 em ponto ela estava a minha espera, e às 16:00 em ponto eu fui buscá-la. Mostrei algumas fotos da viagem que fizemos semana passada para ela, só sei que algumas foram uma negação. Quando chegamos na casa de Cary ligamos pra ÔÔÔ Line para saber como ele iria nos encontrar, mas ele estava incomunicável; também ligamos para Zeca, mas ele não pôde ir : (
Só sei que foi um processo pra ÔÔÔ Line chegar até a casa de Cary, por isso, nós três, Cary, Jhós e eu decidimos ir pro show sozinhas, deixamos recadinhos com Tia Carmem pra entregar o ingresso de Thiago que até então estava em minha mão e para dizer que estávamos esperando ele no intervalo de cada show perto da bilheteria. Logo de cara encontramos Leila e sua irmã gêmea por lá, mas como o show do Scambo (o vocalista dessa banda se parece muito com um colega meu de biologia, Gabriel) já estava pela metade, decidimos não conversar muito e nos divertirmos. Depois dessa banda ficamos procurando por alguém que pudesse trocar a camisa de Carine da Skol por três fichas que valiam ou 3 refrigerantes ou 3 cervejas. Ah!!! Como a bilheteria ficava distante de onde o show se dava, decidimos ligar para a mãe de Cary e pedir para que ela explicasse a Thiago que nós esperaríamos por ele nos intervalos de cada atração perto da pista de esporte de esportes radicais; o problema é que se quiséssemos um telefone público teríamos que entrar onde somente pessoas que tinham pago pelo uso do camarote tinham direito. As duas abestalhadas ficaram dizendo que não tomariam o celular de ninguém emprestado, por isso sobrou pra mim e tive que me colocar em Allie Delta Force. Bati o queixão em uma menina lá que tava com o celular na mão e não é que a criatura me emprestou? Pois é, demos o recadinho pra Tia Carmem e só sei que no meio da apresentação do Olodum ÔÔÔ Line chegou de supetão dando um susto em Jhós que pensou que estava sendo agarrada por algum tarado mal-fazejo. No início Thiago ficou tentando explicar a demora e etc, além disso tava com cara de que não estava se divertindo nem um pouco. Pronto, levei minha primeira baforada no show de um maconheiro lá, eu estava dançando quando de repente aquele fumacê atingiu minhas narinas em cheio. Tudo bem, aquele foi o 1º de muitos. Depois do Oludum, tomamos um refrigerante e seguimos para bem perto do palco por a atração seguinte era o Rappa, no princípio Cary, Jhós e Thiago que estavam fugindo de não sei o quê, começaram a recuar enquanto eu continuei pulando, gostei muito por que não levei nenhum soco nem pisão de pé, só sei que quando olhei pra trás os três tinham sumido. Quando saí para procurar por eles uma daquelas rodas de “briga� se abriu em meu caminho... tudo bem né? Eu estava em Allie Delta force, naquele exato momento não havia ninguém na roda, por isso entrei nela pulando toda frenética, atrás de mim entrou um garoto e depois outro, mas eu já estava terminando de atravessar aquele buraco. Tudo ocorreu certinho, nenhum arranhão. Achei os três bem mais pra trás do nosso local de início.... fiquei tristinha por não ficar lá na muvucona bem de cara com o palco (é por isso que eu digo... esses shows só posso ir sozinha). A gente ficou um pouco mais a frente que o meio do estádio. Na hora do Inner circle ficamos lá na frente, muito dez!!! Começou a cair uma chuvinha legal e foi perfeito, a não ser pela cara de Thiago que ficava todo errado. Depois entrou Diamba, e quando o vocalista começou a jogar caixas de fósforo para o público... Jhós acabou levando uma fosforada na boca tadinha, ela voltou pra casa reclamando disso.
Tudo acabou bem, e o rebanho começou a engarrafar o lugar, cheio de gente pela rua... e eu fiquei na paz, afinal, só precisávamos atravessar a rua e entrar em casa. Ah! Encontramos Cristiano de biologia entrando no mesmo condomínio que o nosso, e ainda deu para nos despedirmos de Leila.
Entramos em casa por voltas de 2 horas da manhã, comemos muito cachorro quente com refresco, comecei a ficar em Alfa, e conversamos até umas 4:30, quando Thiago pediu arrêgo e disse que ia dormir. Eu estava meio sem sono, mas fui pro quarto com as meninas... umas 6:00 eu acordei e olhei pro relógio. Foi nesse momento que minha canseira começou, voltei a tentar dormir, abri os olhos as 8:30, e acordei as meninas. Quando fui mexer com Thiago ele me deu uma queimada aí voltei pro quarto, Jhós ainda tava deitadinha, Cary passou pra sala e nós duas deitamos no sofá. Desisti do sofá e voltei pro quarto, deitei e fiquei num sonho lúcido até umas 10:30, quando o pessoal me encheu a paciência pra sair da cama e fazermos nosso “desejum�. Vou confessar, eu estava com preguiça até de viver naquela hora, mas tudo bem, acabei tomando café com eles e fui a primeira a terminar coloquei o som do BackStreet Boys lá para deixar todo mundo impaciente também, e fiquei deitada na rede. Quando o ÔÔÔ Line se sentou ao meu lado na rede e me sacaniou. Ele começou a me perturbar aí belisquei ele (detalhe, ele odeia isso), por isso ele jogou um copo de água gelada em mim. Também fiz ceninha!!!! O retardado acreditou, ficou lá com a cara mexendo, bem feito!!!

Quando Felipe II, rei da Espanha, convocou o Concílio de Trento, ocorrido entre os anos de 1545 e 1563, seu objetivo era fixar com clareza os dogmas da Igreja Católica a fim de impedir o avanço do protestantismo na Europa. O concílio então colocou no papel os principais pecados a ser evitados pelos fiéis: inveja, gula, ira, soberba, luxúria, avareza e preguiça. Quatro séculos mais tarde, a lista dos sete pecados capitais continua a vigorar, regulando os valores morais de geração em geração.

Eis o meu 1º dos sete pecados capitais

A inveja
A palavra inveja vem de invídeo que significar “olhar mau�, Ter olho grande, secar com meu olho grande alguém.A principal razão da inveja reside num sentimento de incapacidade de viver seus próprios sonhos, de alcançar suas metas, de realizar-se. Quando carrego dentro de mim, a sensação de capacidade eu gosto de ouvir de um amigo que ele fez a “volta ao mundo�. Que bom! Significa que é possível dar a “volta ao mundo� no sentido de realizar sonhos. Ou seja, reforça ainda mais a minha sensação de que eu também vou conseguir me realizar. A sensação de incapacidade, ao contrário, me faz ter inveja, ou seja, querer destruir aquilo. Que bobagem dar a “volta ao mundo�! Quanto gastou?! Se eu não consigo realizar meus sonhos, ninguém consegue. Ele não realizou sonho nenhum, ele entrou numa fria. Muitas vezes a sensação de incapacidade, matriz da inveja, se deve a escolha inadequada de metas, a desejar algo que não está no alcance do indivíduo. Não valorizar as coisas que estão ao seu alcance. As coisas que estão a sua volta também são boas. Alguém já disse: “Vive bem quem gosta daquilo que é seu�. A propósito, vale lembrar Fernando Pessoa (1888-1935): “O Tejo é mais belo que o rio que corre na minha aldeia, mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre na minha aldeia, porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia� .Às raízes da inveja estão no início da vida, todos passamos por ela, por isto é impossível não tê-la em nosso cofre mais secreto. É uma questão de grau: da muita inveja à muita pouca inveja. A inveja começa na relação com quem nos alimenta, representado pelo seio materno. Quando queremos mais alimento e não temos, não toleramos a frustração, ficamos com raiva de quem tem o alimento. Com inveja dele, queremos destruí-lo. A inveja consome o invejoso, porque acaba abandonando a própria vida, preocupado com o valor do outro e não com o seu valor. Ou seja, em vez de se construir, perde o tempo destruindo.A inveja é um sentimento mais antigo do que o ciúme. O ciúme é algo que se passa a três, por tanto já exige uma socialização. Implica na disputa com outro por algo ou por alguém.Costuma-se dizer que há uma inveja boa quando admiramos alguém por alguma coisa: “Ah, como te invejo por isto�. Não sei se é correto este termo “inveja boa�. Talvez seja melhor dizer: “Ah, como te admiro por isto�.Nós só podemos nos comparar conosco mesmo. Com o nosso passado, como nossa evolução. A comparação com os demais não é científica. Com os demais podemos apenas constatar diferenças. Cada um tem uma genética diferente, vivências diferentes. A um corredor, por exemplo, importa mais se o seu tempo baixou do que a colocação que tirou na prova. Ele pode ter chegado na frente, mas se seu tempo piorou...(Jorge Alberto Salton)



por Aline Machado * 10:42 PM

____________________

(6) Comentários